2011 Pequenos Formatos – POA

Farnesinha Segunda e Farnésio Jr.

Nossa última produção Gambiológica coletiva:

Estes dois foram pra Casal de bonecos modificados geneticamente, foram vistos pela última vez embarcando a Porto Alegre para participar de uma exposição chamada de da exposição coletiva Pequenos Formatos, no Atelier Subterrânea, a partir de 17/3. A Farnesita Farnesinha II permanecerá no nosso acervo, enquanto Farnesinho Farnésio Jr. se despede de nós, já que será rifado na exposição. Estamos acostumados com essas perdas que nos deixam saudade (Farnesinha), mas não podemos parar!

Farnesita & Farnesinho

Fomos convidados para a Pequenos Formatos através da Lady Gambiologia (Morgana Rissinger) e da Galeria Desvio.

Este ano integram a mostra 44 artistas de diferentes gerações e atuantes em diversas regiões do Brasil e do Uruguai. De Porto Alegre participam Alexandre Antunes, Anderson Astor, Bruno Borne, Carla Borba, Carlos Pasquetti, Elida Tessler, Eduardo Montelli, Ernani Chaves, Luciano Montanha, Felix Bressan, Juliano Ventura, Mariana Xavier, Monty Pelizzari, Nara Amélia, Rafael Pagatini, Raquel Alberti , Romy Pocztaruk e Tomas Barth; de Pelotas, Adriane Hernandez e Ricardo Mello; de Santa Maria, Nara Amélia; de São Paulo, Carla Chaim, Cleiri Cardoso, Eduardo Kickhöfel, Júnior Suci, Marcelo Moscheta, Manoel Veiga, Ivan Grilo e Wagner Malta Tavares; do Rio de Janeiro, Carlito Carvalhosa, Carlos Vergara, Carolina Veiga, Jorge Soledar, Julio Castro e Luiz Ernesto; de Recife, Marcelo Silveira; de Goiania, Marcelo Solá; de Belo Horizonte (Desvio), Janaína Melo e Gambiologia; de Montevidéu/Uruguai (Galeria Marte), Ernestina Pereyra, Federico Arnaud, Francisca Maya, Gustavo Tabares, Mercedes Bustelo e Paola Monzillo.

Farnésio Jr. e Farnesinha Segunda
Técnicas eletrônicas mistas / programação / colecionismo psicodélico / gambiarra
Coletivo Gambiologia, 2011

Série de bonecos antigos eletronicamente subvertidos, inspirados no universo visual e conceitual do artista Farnese de Andrade. Diferentemente de sua fonte de referência, no entanto, cujas obras relacionavam o pessimismo, o soturno e a morte, os "Farnésios" propõem uma visão bem humorada, contemporânea e plena de vida em relação ao reaproveitamento e reinvenção de materiais descartados, incoporando a gambiarra como solução estética e prática.


1 Comment4 Minutes